Importância da Proteína

Importância da Proteína

Saiba mais sobre a importância da proteína e melhore seu rendimento

A importância da proteína não é apenas para quem deseja obter mais músculos, a proteína têm papel fundamental no organismo. Agindo na reparação e construção de tecidos. Assim como uma alimentação saudável é fundamental, a ingestão de proteínas na medida certa é importante para promoção da saúde.

Todos os nutrientes são importantes para a nossa saúde mas um deles ganha maior atenção quando se fala de exercícios físicos, em especial a musculação: a proteína. Infelizmente ainda há muitas informações equivocadas sendo disseminadas a respeito do consumo de proteínas, o que pode levar a prejuízos na saúde.

Primeiramente a proteína é importante, mas da mesma forma que o carboidrato e a gordura. Cada nutriente tem seu papel específico no nosso organismo e a falta de apenas um deles já causa uma série de efeitos que modificarão o aproveitamento dos demais. Portanto é importante deixar claro que a proteína não é o nutriente mais importante para o esportista, devendo estar em quantidade equilibrada, sem excessos.

Quantidade de Proteína Necessária

Como nosso corpo não consegue estocar aminoácidos (as unidades que formam proteínas) para usá-los posteriormente, todo o excesso de proteína não se acumulará como músculos, por isso de nada adianta ingerir proteína em quantidade acima da recomendação para aumentar massa muscular. Ao contrário todo excesso será oxidado e usado como energia ou transformado em gordura para ser estocada.

Outro aspecto importante é o fracionamento da proteína na dieta. O ideal mesmo para quem quer estimular ao máximo a síntese proteica muscular é colocar fontes de proteína em todas as refeições. A quantidade ideal depende de cada pessoa, estilo de vida e objetivo, mas cerca de 20 gramas de proteínas em cada refeição é o ideal para estimular a síntese proteica.

Qual o Melhor Tipo de Proteína

Além da quantidade, a qualidade da proteína é outro ponto vital. Sendo assim, as proteínas de alto valor biológico ganham destaque. Elas possuem boa quantidade de aminoácidos que nosso organismo não produz e que são necessários para estimular a hipertrofia muscular. Essas proteínas estão presentes no leite e derivados, na carne bovina, no frango, no peixe, entre outras fontes animais. A soja é uma das poucas fontes vegetais de proteínas de alto valor biológico.

Por fim, o uso de suplementos à base de proteína pode ajudar no aumento de massa muscular, desde que usado de forma correta. Dentre os mais conhecidos está a famosa Whey Protein ou proteína do soro do leite. Por possuir alta digestibilidade e alto valor biológico, sem dúvida é a melhor fonte de proteína para quem pratica exercícios, mas isso não significa que ela é necessária.

É importante lembrar que o suplemento também entra no cálculo da quantidade diária total a ser consumida. Para uma indicação adequada e uso seguro à saúde, sempre consulte um nutricionista capacitado antes de comprar suplementos.